autores internacionais,  dicas de leitura,  Indicações

Dica de Leitura: A Canção de Aquiles para Junho – Orgulho LGBT

Olá pessoal !

Junho é o mês do  🌈Orgulho LGBT. 

Independente daquilo em que você acredita, a expressão da  personalidade, a  privacidade e a dignidade são direitos sociais  são garantidos pela nossa legislação a todos os indivíduos.  O fato da diversidade sexual ainda ser um tema ridicularizado ou taxado como  tabu em certos circulos somente traz mais instabilidade nas relações sociais, fazendo perdurar o preconceito . Portanto, reconhecer que todos nós temos direito a nos expressar sexualmente da maneira que quisermos é um passo necessário e significativo para convivência digna numa sociedade plural.  Atualmente, é importante que histórias com essa temática sejam compartilhadas e levadas a sério pela sociedade. Então, passei por aqui para deixar uma dica de leitura para vocês, em homenagem ao movimento.

 

A Canção de Aquiles, escrito por Madeline Miller e publicado no Brasil pela editora Jangada é uma releitura da Iliada de Homero, no qual aprendemos sobre a  Guerra de Troia e seus heróis. A sinopse diz que

 

 Baseada na Ilíada, esta obra é uma reconstituição da épica Guerra de Troia. O tímido príncipe Pátroclo é exilado no reino de Fítia, onde cresce à sombra do rei Peleu e de seu extraordinário filho, Aquiles. Apesar de suas diferenças, os meninos logo se tornam companheiros inseparáveis. Os laços entre eles se aprofundam à medida que se tornam adolescentes e hábeis nas artes da guerra e da medicina – para desagrado e irritação da mãe de Aquiles, Tétis, uma cruel deusa marinha que odeia os mortais. Quando se espalha a notícia de que Helena de Esparta foi raptada, os homens da Grécia, ligados por um juramento de sangue, têm de partir para invadir Troia e salvar Helena. Seduzido pela promessa de um destino glorioso, Aquiles junta-se à causa. Pátroclo, dividido entre o afeto e o temor por seu amigo, acompanha-o. Mal sabem eles que os deuses do destino os colocarão à prova como nunca antes, exigindo deles um terrível sacrifício.

 

A relação de Patroclo e Aquiles está presente no texto original de Homero, mas nunca fora exposta e detatlhada como nesta narrativa. O livro nos mostra como a amizade – e , mais tarde, o amor –  floresce entre os dois  e como a relação deles influencia o conflito. Muito interessante é o fato de que Patroclo é considerado um personagem secundário na Iliada, e na obra de Miller ele ganha voz e protagonismo para narrar sua vida ao lado de Aquiles.  Para aqueles que já leram sobre o assunto, reescrituras do texto conhecido podem incomodar um pouco ao longo do livro, mas não acredito que eles tiram o brilho da história. A autora está trazendo à tona uma narrativa nova dentro de uma história estabelecida, e conhecer esses pormenores sob novo ponto de vista traz frescor e certa empatia com os personagens.

Recomendo muito a leitura, porque é uma oportunidade de conhecer um clássico em um formato acessível e contemporâneo.

Já leram A canção de Aquiles? Gostaram da leitura?

Paz e amor para todo mundo !

 

.

 

Like & Follow :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *