autores internacionais,  dicas de leitura,  Resenhas

Resenha: A Vegetariana, Hang Kang

Lançado em 2007 mas só traduzido para inglês em 2015, o livro chegou recentemente no mercado brasileiro e tem arrebatado leitores por aqui, merecidamente. Eu li no fim de 2016 e reli faz pouco tempo, e divido aqui um pouco sobre ele.
Título : A vegetariana
Autora Han Kang, tradução para português de Jae Hyung Woo
Editora : Todavia
Nota Benditos livros: 5 ⭐ !

A Vegetariana é um poderoso romance que nos apresenta Yeonghye, uma mulher sul-coreana que, depois de um sonho perturbador, decide não mais comer nem servir carne.
Para ela, o sonho é catalizador de mudanças e reflexão a tempos entalada na alma.

Tornar-se vegetariana é primeira decisão que Yeonghye toma por si mesma. Vivendo às sombras por toda a vida, ela se dá conta de que nunca foi protagonista, e agora está disposta a viver a sua vida do seu jeito – ainda que esse jeito implique em um distanciamento da própria condição humana.


A subjetividade de análise e da linguagem do livro são muito interessantes ( ou seja, leia e tire suas conclusões), porque ali vemos temas tabus como saúde mental, conflitos familiares, sexualidade, moral social e etc sendo narrados de três diferentes pontos de vista, o que ter permite conhecer diversas facetas da existência de Yeonghye . Conhecemos também aqueles ao seu redor, e como eles a enxergam, e como são afetados por ela.

A Coreia do Sul é uma sociedade envolvida em tecnologia no seu dia a dia, mas ainda muito arraigada em conceitos mais modernos e libertários. Família, beleza, moral e costumes são temas que constantemente oprimem a mulher sulcoreana, e você perceberão como cada um se aplica na vida de YeongHye e sua família.

Pra mim, Yeonghye simboliza toda mulher presa na monotonia da vida, na mediocridade social, que, ao despertar, transforma-se em algo inesperado, que amedontra. Sua rebeldia é passiva.


É um texto duro, é dolorido, é bizarro, mas necessário. O livro é premiado, e outras publicações da autora tem ganhado destaque desde então. Ainda não temos outros livros dela traduzidos no Brasil, mas já existem dois romance de sua autoria publicados em ingles, se alguem se interessar.

Ficaram com vontade de ler ? Dividam comigo suas opiniões sobre obras como essa.

Like & Follow :

8 Comments

  • Debora Sapphire

    Ainda não conhecia o livro A Vegetariana. Mas estranhamente amei bastante com você falando sobre a história. E essa foto está incrível. Eu não gosto de comer carne e não como carne, mas não me considero vegetariana ou vegana, porque não tenho o costume de rotular as pessoas. Simplesmente sou alguém que detesta comer carne e não come carne, e quando come é muito raramente mesmo e bastante grelhada, quase carvão. Vivo tirando o hamburguer do meu hamburguer rsrs’. Anotei a dica e quero ler o livro!

  • Fernanda Akemi Pedotte

    Oie!

    Eu não conhecia e achei bem diferente. Eu gosto de leituras que mexe com a gente e que nos faz pensar, ler as entrelinhas, e esse parece ser exatamente assim.
    E o fato de se passar na Coreia é outro ponto que chama minha atenção. Vou anotar pra ler posteriormente.

    bjs
    Fernanda

  • Anatomia

    Oi,
    Nossa, esse livro deve ser muito bom, pois com enredo cheio de assuntos fortes, como conflitos familiares, sexualidade e a falta de protagonismo na vida, realmente deve trazer inúmeras reflexões.
    Adoro livros assim. Parabéns pela resenha!

  • Carol

    Tenho visto esse livro por aí e estou com muita vontade de ler. Me parece ser uma leitura dura, mas necessária como você disse. Gostei da sua resenha, fiquei ainda mais curiosa para ler.
    Beijos, Carol 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *