autores internacionais,  Opinião,  Resenhas,  Young Adult

Resenha DUPLA : Duologia A Fúria e a Aurora, de Reneé Ahdieh

Boa tarde, queridos leitores ! Como vão as leituras do mês de agosto?

Eu estou lendo bem menos que gostaria, porque tenho uma prova importante para fazer já na proxima semana, no entanto, consegui ler  nessa última semana a duologia A Fúria e a Aurora, da autora  Reneé Ahdieh. Esses livros tem boas notas tanto no Goodreads quanto no Skoob, e a ideia de ter uma ambientação no Oriente médio me interessou muito ! A premisa é baseada no conto de Sherazade e as Mil e uma noites, que é uma intrigante clássico da literatura árabe que , se você não conhece, vale a pena conhecer !

Vamos então aos dados:

Titulo:  A Furia e a Aurora  – livro 01

A Rosa e a Adaga –  livro 02

Autor: Renee Ahdieh, com  tradução de Fabienne Mercês

Editora: Globo livros

Nota do Benditos Livros  –  ⭐⭐⭐

 

No primeiro volume dessa história, nós conhecemos a jovem Sherazade, que se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan.  Mas o Califa (rei) é visto como monstro por sua cidade – suas noivas não sobrevivem a noite de núpcias. Uma dessas noivas assassinadas é a melhor amiga de Sherazade, e é em nome dela que  a protagonista constroi seu plano de vingança.

Depois de sobreviver a primeira noite tecendo histórias para o Califa, Sherazade percebe que a trama envolvendo as noivas assassinadas é bem mais complexo que um mero capricho real.  A razão dá lugar a emoção, e o conflito toma conta de Sehrazade e de Khalid, que se descobrem apaixonados em meio a uma tormenta política.

No livro dois, encontramos Sherazade e Khalid dispostos  a lutar para viver seu grande amor. Agora que a protagonista conhece o segredo por trás das mortes de inúmeras jovens mandadas como noivas ao pálacio, Sherazade precisa convencer todos a sua volta, especialmente sua família e amigos, que Khalid não é o monstro que imaginavam. É uma tarefa difícil, porque sua família e seus aliados estão decicidos a acabar com a vida e o reino do Califa de Khorasan.

 

De modo geral, a história agrada bastante ! É um romance do gênero YA (Jovem Adulto) com uma pitada de magia e bastante aventura. O livro cumpre o que promete nesse quesito, e ainda traz uma narrativa muito bem escrita e poética.

O primeiro livro é o melhor dos dois, com certeza absoluta. O mistério das jovens mortas, a trama de Sherazade para se vingar do Califa, o desenvolvimento do relacionamento dos dois frente a tantos mistérios, os conflitos internos do casal frente ao novo sentimento, tudo foi muito bem explorado.  No fim do livro, vemos que o amor pode ultrapassar barreira se não abrigar segredos.

No segundo livro, a história declinou bastante, na minha opinião. O conteúdo mágico, que ganha destaque aqui nesse livro, ficou sem explicação lógica.  A autora traz muitos personagens secundários de destaque, mas não temos tempo de conhecê-los com clareza. Sherazade, que parecia uma menina segura e inteligente, me pareceu bem mais boba nesse volume, e isso me irritou bastante. Ela caiu em todas as armadilhas e hesitou bastante em coisas importantes.

Uma coisa positiva sobre o esse segundo volume foi que, para mim, o twist final – que se resume na ideia de que o poder de amar é a maior força e o maior sacrifício que fazemos –  foi bonito de se ver.

A autora lançou, recentemente, contos relacionados ao livro. Se te interessar, clique aqui  e visite o site da Globo Livros para saber mais !

Gostaram dessa resenha dupla?

Like & Follow :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *