autores internacionais,  Indicações,  Infanto-juvenil,  Resenhas

RESENHA : Ecos, Pam Muñoz Ryan

 

Mais uma resenha para vocês, queridos leitores ! Eu hoje trago um livro muito comentado nas redes sociais, tanto aqui quanto no exterior ! Sim, Ecos, de Pam Muñoz Ryan provocou um burburinho grande quando foi lançado internacionalmente, e é engraçado como esses burburinhos podem fazer ou desfazer a beleza de algumas histórias. Aqui, o burburinho rendeu bons frutos – o livro encontrou um bom alcance fora da sua faixa etaria ideal, e o trabalho de encadernação conquistou corações de todas as idades !  Qualquer foto fica linda com uma capa dessas, concordam?

Vamos saber mais sobre esse livro ?

Titulo – Ecos

Autor – Pam Muñoz Ryan, com tradução para o português de Dalton Caldas

Editora – Darkside Books

Nota do Benditos Livros – ⭐⭐⭐⭐

 

Ecos nos conta sobre a vida de três jovens protagonistas que, no período da Segunda Guerra Mundial, têm suas vidas  transformadas e conectadas por meio de um instrumento musical mágico. Em um momento de incerteza, intolerância e dor, cada um desses personagens, apoiado pela magia do instrumento,  é capaz de unir forças para continuar sonhando com uma vida melhor no futuro. Acho que mais do que isso seria spoiler demais para vocês que ainda não leram !

O livro é classificado como um romance histórico com um twist de magia, o que por si só já me deixou bem empolgada, porque eu adoro aprender sobre história dessa forma. Mas honestamente falando, e achei que a parte “fantasia/mágica” muito sem graça. No entanto, a inclusão desse elemento meio “conto de fadas ” faz todo o sentido, porque o livro é indicado para  público da faixa etária 8-15, ou seja, do Ensino Fundamental. Como o tema histórico é denso, esses detalhes mágicos podem facilitar ou amenizar a dureza do contexto.

Ainda assim, não achei que o livro tivesse uma linguagem juvenil. A autora trabalhou muito bem o material para que não ficasse pesado, usando linguagem simples e acessível. Fiquei impactada com isso, porque é preciso uma certa delicadeza para colocar temas duros assim , de forma que as crianças consigam captar suavemente . Se você, meu querido leitor, tem crianças nesse faixa de 8-15, eu recomendaria uma leitura conjunta. O livro pode se tornar uma ótima ferramenta para ensinar questões de empatia, debater  sobre violência e preconceito, falar sobre as perseguições às minorias que acontece, infelizmente, até hoje… enfim, muitas escolas norteamericanas recomendaram a leitura de Ecos nesse formato, e achei ótima essa ideia.

Como leitora adulta, 02 coisas me incomodaram na obra.

A primeira delas foi que a tal parte “fantasia” ficou mal desenvoldida, e relegada somente  à introdução e ao epílogo. Eu gosto de saber bem pouco sobre um livro antes de começar a lê-lo, e confesso que estava esperando algo super incrível. Fiquei bem desapontada. Achei e ainda acho que tem muito potencial nessa história, mas ela definitivamente precisava de algo mais.

A segunda coisa foi a tradução. Se você já leu o livro, pode nem ter percebido ou notado nada diferente, mas percebi que algumas frases me soaram estranho. Como li a obra em português, e não consigo desligar a chavinha profissional – eu sou tradutora –  eu percebi logo que algumas frases poderiam ter sido melhor escritas. Mas não desmereço a tradução, achei que, para um livro que tem de agradar todas as faixas etárias, ela foi muito bem feita, inclusive.

Menção honrosa à Darkside por produzir uma edição belíssima, com corte colorido, folhas especiais e um cuidado ímpar com texto !

Gostaram da resenha? Comentem aí embaixo o que  acharam desse livro !

Like & Follow :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *